Coleiros e Trincas

O Forum do Passarinheiro
Bem-vindo: Qua Jul 30, 2014 10:07 am

Todos os horários são GMT - 3 horas


  • Advertisement



Criar novo tópico Responder  [ 15 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Qui Jul 08, 2010 22:28 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Set 17, 2009 15:36 pm
Mensagens: 8250
Localização: São Vicente/SP
APTIDÃO PARA FIBRA

O Autor
Gilson Ferreira Barbosa

1. Critérios de Seleção:

“A fibra” embora seja um conceito intuitivo e de fácil compreensão, não nos tem permitido avançar no seu estudo por questões de “Gênese”. A complexidade que envolve o conceito “Fibra” é fator inibidor e porque não dizer desestimulador das manifestações sobre o assunto, daí, supormos a existência de “Técnicas & Manejos” inconfessáveis por parte daqueles que as usam e conseguem extraordinário sucesso nos Torneios. (Competição de Roda)

A conceituação da “Fibra” e aí generalizo (Trinca-ferro, Curió, Bicudo, Coleiro, Azulão Sicalis etc.) é o principal fator de entendimento das bases que levará um criador a proceder a uma seleção criteriosa para obtenção de bons pássaros de fibra. (para competição de “Roda”).

Precisamos em primeira instância estabelecer quais “Fatores de Qualidade” deverá possuir determinado pássaro para qualificar-se como “Pássaro de Fibra” (para competição de “Roda”). A identificação destes “Fatores” e a sua priorização no plantel, bem como os percentuais de ocorrências destes, para que o pássaro renda de forma satisfatória constitui a base da formação de um bom Exemplar de Fibra. (Para competição de Roda).

Faz-se necessário que se estabeleça quais fatores são Genéticos (Hereditários) e quais fatores são adquiridos mediante Manejo (Treinamento). É de suma importância na Fibra o conhecimento dos aspectos Genéticos e dos aspectos Adquiridos para que não se busque na genética comportamentos que só obteremos mediante muito condicionamento e treino. Esta distinção é fundamental, bem como, os métodos para sua obtenção. Sabemos que inclusive podem variar de um pássaro para o outro, isto em função do Gênero e dos percentuais genéticos dos ditos “Fatores” responsáveis pelo surgimento da Fibra.



2. Identificação e Determinação dos Fatores que compõem a Fibra:

A identificação e determinação dos fatores que compõem a Fibra de um pássaro (entendemos a “Fibra” como sendo a capacidade que determinado pássaro possui de manter por várias horas o seu temperamento valente, quando exposto à presença de seus semelhantes) podem ser observadas a partir de procedimentos práticos que nos levarão a identificá-los e qualifica-los quanto a sua presença e intensidade. Podemos ainda identificar os níveis de agressividade e eficiência na competição de Roda. Esta determinação dos fatores envolvidos na Fibra e portada por determinado pássaro, são medidos em função das suas reações na presença de um semelhante. Teremos aí alguns aspectos a observar:

2.1 - Aproximamos a gaiola de um pássaro adulto, a gaiola de um outro semelhante. Se ocorrer o “Atesto”, ou seja, ambos os pássaros atiram-se contra as grades da gaiola demonstrando valentia e agressividade “Física” a ponto de se mutilarem mutuamente caso ocorra o contato físico. Observamos aí a presença do “Fator de Ataque” que se externa como postura de defesa da Gaiola pela simples aproximação do semelhante. Neste caso, habituam-se a este comportamento e muitas vezes são estimulados (treinados) pelos seus proprietários a agirem desta forma como demonstração de “Valentia”. Esta prática é condenável e totalmente equivocada, pois, estimula o pássaro a desenvolver o fator de “Ataque Físico” inutilizando-o para o desenvolvimento do fator de “Disputa Canora”.

Pássaros viciados em “Atesto” com alto desenvolvimento do fator “Ataque Físico” geralmente se estressam com a presença do semelhante, apresentando um “Enfezamento” de tal ordem, que só após algum tempo, às vezes até horas, abrem o conto no estilo “Surdina” e apresentam um estado de agitação capaz de se auto demolir em muito pouco tempo. Outros só abrem o canto após passarem pela prova de “Atesto”, e necessitam deste estimulo com muita freqüência para se manter cantando. Pássaros dotados do fator “Ataque Físico” não desenvolvem satisfatoriamente o fator de “Disputa Canora” não atingindo a performance hoje exigida nos Torneios de Disputa de Fibra em Roda, com gaiolas desencapadas e aproximação lateral máxima de 20,0cm.


2.2 - Aproximamos a gaiola de um pássaro adulto, a gaiola de um outro semelhante. Não observamos propriamente um “Atesto” e sim um comportamento de “Armada”, “Pegada” ou “Presa”. Um dos Pássaros em questão efetua uma movimentação característica conhecida com o nome de “Armadilha” resultando na “Pegada” do adversário mediante a “Presa” conhecida como “Presa de Acorrentamento” neste caso não necessariamente ocorre o Fator de Ataque Físico e sim a “Pegada ou Presa”. Os pássaros que assim se comportam demonstram a sua valentia de forma bastante diferenciada daquela que buscamos desenvolver nas competições de Fibra mediante a disputa de canto, logo, pássaros com estas características não se enquadram no perfil exigido para Torneios de Fibra.



2.3 - Aproximamos a gaiola de um pássaro adulto, a gaiola de um outro semelhante. Aparentemente nada acontece!!! Percebemos uma certa indiferença entre eles, chegando a ponto de um posar de costas para o outro. Estaríamos a observar dois pássaros “Frios de Temperamento?” Talvez... Se logo em seguida um deles não abrisse o canto, para desespero do outro. Estamos finalmente a observar pássaros dotados do “Fator Fibra” aonde se estabelece a liderança sem lutas corporais, única e exclusivamente mediante o fator de “Disputa Canora” para estabelecimento da hierarquia e dominação.


A Disputa Canora entre pássaros neste caso é “Inata” e deve ocorrer sem “Atestos” ou provocações mediante posturas agressivas. O pássaro deve manter-se calmo e sem perturbações de qualquer ordem, o canto deve fluir impávido (sem pavor, destemido, afoito, intrépido denodado e ameaçador) e manter-se pelo tempo que se fizer necessário.

Mediante o exposto, podemos sem embaraço identificar se determinado Pássaro possui ou não aptidão para Fibra. É necessário que demonstre a presença do “Fator Fibra” em seu temperamento. A identificação do “Fator Fibra” é “Pré-Requisito” indispensável para que se possa iniciar um trabalho de condicionamento e treinamento na “Roda” objetivando dotar o pássaro em questão das condições necessárias a competição.

A complexidade do assunto bem como o equacionamento de todas as variáveis envolvidas no desenvolvimento da Fibra tem dentre muitas, uma de primordial importância que é a “Vetorização do Canto Fibra”, que deve ter características próprias e bem definidas como, por exemplo, ser "Curtíssimo e Ameaçador", dotado de alto nível de agressividade, se possível envolvendo sons emitidos pelos Predadores da Espécie em questão.

_________________
TRINCA FERRO
* FATAL
* CASCÃO

COLEIRO
* DOMINGUINHOS
* DONO DA FESTA


Voltar ao topo
 Perfil  
 

Advertisement

MensagemEnviado: Dom Jul 18, 2010 20:25 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Out 20, 2006 22:10 pm
Mensagens: 2478
Localização: SALVADOR-BA
Localização: SALVADOR/Ba
Companheiro,

Já li este artigo na net e, sinceramente na minha humilde opinião, discordei completamente haja vista que podemos observar que o que foi colocado nada mais é do que potencialidade de fibra de cada pássaro, ou seja, o pássaro age de acordo a capacidade da fibra que tem e isso é adquirido geneticamente.

O “fator ataque” que é colocado, nada mais é do que a fibra em sua total potencialidade e não significa que o pássaro não sirva para torneio porque o manejo correto para ele quem vai achar é o treinador “dono” e independente disso com o tempo de treinamento e participação de torneios o pássaro vai se moldando a cada temporada e o mesmo acontece com os pássaros que demonstram “presa de acorrentamento”.

Pra mim o que vai contar na realidade é o tempo que cada um vai levar para se adaptar segundo a sua capacidade fibrosa e a paciência do criador, valeu?

Isso falando-se de coleiros, ok?

Bem... É só uma opinião, fiquem com Deus.

_________________
SÓ O SENHOR É DEUS.

Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore, ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe com os filhotes; Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti; para que te vá bem e para que prolongues os teus dias. (Dt: 22.6,7)

NICK - PANCHO.B.O

RIO DE JANEIRO - [b]baiano[/b] - terceiro lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
BLACK SERPENTE - [b]Gola[/b] - Setimo lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
ESPORA - [b]Gola[/b] -Campeão de torneios. http://www.youtube.com/watch?v=jGcLQNtFwok

LOUVADO SEJA O SENHOR QUE NOS PRESENTEOU COM ESTA AVE "COLEIRO" E AS DEMAIS.

[b]ANIMAIS DOMÉSTICOS UM DIA FORAM SILVESTRES.[/b]

CRIAR COM AMOR É BOM E PRESERVA.

_________________
criar é perseverar
ABCP-SALVADOR-ba

http://abcpbahia.webnode.com.br


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom Jul 18, 2010 21:03 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Set 17, 2009 15:36 pm
Mensagens: 8250
Localização: São Vicente/SP
Companheiro, eu respeito muito sua opinião e creio q vc dever ter muita experiência em torneios para contestar um artigo tão bem feito quanto esse.
- Em seu primeiro parágrafo vc diz q discorda devido à "capacidade da fibra que tem e isso é adquirido geneticamente", daí eu te pergunto, em qual lugar no artigo o autor diz o contrário??????
- Quando vc diz: O “fator ataque” que é colocado, nada mais é do que a fibra em sua total potencialidade e não significa que o pássaro não sirva para torneio porque o manejo correto para ele quem vai achar é o treinador “dono” e independente disso com o tempo de treinamento e participação de torneios o pássaro vai se moldando a cada temporada e o mesmo acontece com os pássaros que demonstram “presa de acorrentamento”.
Onde o autor diz q o "fator ataque" desqualifica o pássaro para torneio???????
O q ele quis dizer é q: mediante à um treinamento incorreto visando desenvolver a valentia o pássaro passa à brigar mais do q antes e consequentemente a tendência é perder tempo nesta atitude e passa à cantar menos q sua capacidade natural e daí irá inutilizar o pássaro para o torneio devido ao vício imposto pelo dono q não soube treiná-lo corretamente e isso eu já pude perceber na prática com alguns criadores q tinham pássaros de torneio e ficavam
"badernando sem necessidade e colando a gaiola toda hora na rua" e acabaram q de uma hora pra outra ninguém acertava mais o pássaro e ficava passando de mão em mão e só servia para baderna pois é muito mais cômodo para um pássaro cantar na baderna do q na roda, isso é fato haja visto a enorme facilidade de vc acertar um pássaro na baderna do q em roda!

- Quando vc diz: Pra mim o que vai contar na realidade é o tempo que cada um vai levar para se adaptar segundo a sua capacidade fibrosa e a paciência do criador, valeu?, na minha opinião isso é muito óbvio e não está escrito diferente no artigo.

_________________
TRINCA FERRO
* FATAL
* CASCÃO

COLEIRO
* DOMINGUINHOS
* DONO DA FESTA


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 15:21 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Out 20, 2006 22:10 pm
Mensagens: 2478
Localização: SALVADOR-BA
Localização: SALVADOR/Ba
Marcelo amigão,

Embora não tenhamos torneios legalizados aqui em Salvador no tempo da minha ignorância, quanto ao seguimento, eu participava dos torneios, existentes, obtendo alguns êxitos, ok?

Vou tentar explicar a minha linha de raciocino, valeu?

Bem... Não acredito que toda e qualquer escrita seja de particular interpretação, portanto vou fazer as minhas considerações.


Suas considerações.

- Em seu primeiro parágrafo vc diz q discorda devido à

"capacidade da fibra que tem e isso é adquirido geneticamente",

daí eu te pergunto, em qual lugar no artigo o autor diz o contrário??????

Resposta: Se você analizar melhor não foi isso que mencionei, apenas, como aditivo, coloquei que a fibra tem capacidade relevante a peculiaridade de cada pássaro e com isso cada um recebera do seu criador o tratamento necessário para a melhoria da sua performance em torneios que é exatamente onde se foca o artigo, ok?

Suas considerações.

- Quando vc diz: O “fator ataque” que é colocado, nada mais é do que a fibra em sua total potencialidade e não significa que o pássaro não sirva para torneio porque o manejo correto para ele quem vai achar é o treinador “dono” e independente disso com o tempo de treinamento e participação de torneios o pássaro vai se moldando a cada temporada e o mesmo acontece com os pássaros que demonstram “presa de acorrentamento”.


Onde o autor diz q o "fator ataque" desqualifica o pássaro para torneio???????

Resposta:
- Precisamos em primeira instância estabelecer quais “Fatores de Qualidade” deverá possuir determinado pássaro para qualificar-se como “Pássaro de Fibra” (para competição de “Roda”).

Hora, pelo meu entender, neste paragrafo, quando se faz esse tipo de colocação leva-se a crer que quando encontro o pássaro com os fatores de qualidades “os quais determinei” necessárias, isto, obviamente, descarta os demais e acredito que isso seja um fato se é que mim entende.

- Pássaros dotados do fator “Ataque Físico” não desenvolvem satisfatoriamente o fator de “Disputa Canora” não atingindo a performance hoje exigida nos Torneios de Disputa de Fibra em Roda, com gaiolas desencapadas e aproximação lateral máxima de 20,0cm.

Neste paragrafo podemos analizar, dentro do contexto que rege todo o artigo, que este pássaro esta descartado para torneios.


Suas considerações.

O q ele quis dizer é q: mediante à um treinamento incorreto visando desenvolver a valentia o pássaro passa à brigar mais do q antes e consequentemente a tendência é perder tempo nesta atitude e passa à cantar menos q sua capacidade natural e daí irá inutilizar o pássaro para o torneio devido ao vício imposto pelo dono q não soube treiná-lo corretamente e isso eu já pude perceber na prática com alguns criadores q tinham pássaros de torneio e ficavam "badernando sem necessidade e colando a gaiola toda hora na rua" e acabaram q de uma hora pra outra ninguém acertava mais o pássaro e ficava passando de mão em mão e só servia para baderna pois é muito mais cômodo para um pássaro cantar na baderna do q na roda, isso é fato haja visto a enorme facilidade de vc acertar um pássaro na baderna do q em roda!


Resposta: 2.3 - Aproximamos a gaiola de um pássaro adulto, a gaiola de um outro semelhante. Aparentemente nada acontece!!! Percebemos uma certa indiferença entre eles, chegando a ponto de um posar de costas para o outro. Estaríamos a observar dois pássaros “Frios de Temperamento?” Talvez... Se logo em seguida um deles não abrisse o canto, para desespero do outro. Estamos finalmente a observar pássaros dotados do “Fator Fibra” aonde se estabelece a liderança sem lutas corporais, única e exclusivamente mediante o fator de “Disputa Canora” para estabelecimento da hierarquia e dominação.

Respeito a sua opinião, mas a sua colocação esta sendo baseada em um único paragrafo e se esquecendo do texto e contexto, lendo este parágrafo, acima, não foi isso que eu entendi ok? Aqui este fator “Disputa canora” é colocado como único e exclusivo para o que o artigo se pré dispõe que é o torneio fibra.

Suas considerações.

- Quando vc diz: Pra mim o que vai contar na realidade é o tempo que cada um vai levar para se adaptar segundo a sua capacidade fibrosa e a paciência do criador, valeu? na minha opinião isso é muito óbvio e não está escrito diferente no artigo.

Sem comentários.

Obs: Se eu for levar em conta o que esta escrito neste artigo estarei, fugindo da realidade e menosprezando os companheiros que com seus dons de eximios tratadores fazem até passaros mudos cantarem, os quais, carinhosamente, chamamos de magos.

Fica com Deus. :D

_________________
SÓ O SENHOR É DEUS.

Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore, ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe com os filhotes; Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti; para que te vá bem e para que prolongues os teus dias. (Dt: 22.6,7)

NICK - PANCHO.B.O

RIO DE JANEIRO - [b]baiano[/b] - terceiro lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
BLACK SERPENTE - [b]Gola[/b] - Setimo lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
ESPORA - [b]Gola[/b] -Campeão de torneios. http://www.youtube.com/watch?v=jGcLQNtFwok

LOUVADO SEJA O SENHOR QUE NOS PRESENTEOU COM ESTA AVE "COLEIRO" E AS DEMAIS.

[b]ANIMAIS DOMÉSTICOS UM DIA FORAM SILVESTRES.[/b]

CRIAR COM AMOR É BOM E PRESERVA.

_________________
criar é perseverar
ABCP-SALVADOR-ba

http://abcpbahia.webnode.com.br


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 17:07 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Set 17, 2009 15:36 pm
Mensagens: 8250
Localização: São Vicente/SP
Pancho, na realidade eu acho q vc não interpretou o texto como um todo quando vc analisa q o autor define q o pássaro q possui o "fator ataque" não serve para torneios, pois vc não analisou este parágrafo: 2.1 - Aproximamos a gaiola de um pássaro adulto, a gaiola de um outro semelhante. Se ocorrer o “Atesto”, ou seja, ambos os pássaros atiram-se contra as grades da gaiola demonstrando valentia e agressividade “Física” a ponto de se mutilarem mutuamente caso ocorra o contato físico. Observamos aí a presença do “Fator de Ataque” que se externa como postura de defesa da Gaiola pela simples aproximação do semelhante. Neste caso, habituam-se a este comportamento e muitas vezes são estimulados (treinados) pelos seus proprietários a agirem desta forma como demonstração de “Valentia”. Esta prática é condenável e totalmente equivocada, pois, estimula o pássaro a desenvolver o fator de “Ataque Físico” inutilizando-o para o desenvolvimento do fator de “Disputa Canora”.
Ou seja, assim como o treinador pode extrair tudo de bom q um pássaro tem para desempenhar um bom papel no torneio, ele também pode piorar o desempenho do pássaro num manejo incorreto, e é exatamente o q o autor deseja passar para quem lê.
Quando vc diz: Respeito a sua opinião, mas a sua colocação esta sendo baseada em um único paragrafo e se esquecendo do texto e contexto, lendo este parágrafo, acima, não foi isso que eu entendi ok? Aqui este fator “Disputa canora” é colocado como único e exclusivo para o que o artigo se pré dispõe que é o torneio fibra. O autor não desqualifica o pássaro q tem o "fator ataque" ele apenas diz q temos q tomar cuidado para não evoluir o fator ataque com manejos incorretos e na realidade o q tem q ser desenvolvido é o fator da disputa canora, até porque na marcação de eliminatórias e final o q é marcado na ficha é o canto e não a briga.
Em momento algum o autor foge da realidade ou menospreza alguém, ele apenas foca no desenvolvimento das qualidades dos pássaros q serão necessárias para a obtenção de êxito nos torneios de fibra, se vc treina um pássaro viciando ele à brigar ele vai brigar mais, se vc treina ele para cantar consequentemente ele vai desenvolver esta qualidade e é a q é mais importante entre toda e qualquer qualidade pois a disputa é pra ver quem cantou mais!
Até hoje eu nunca ví nenhum criador fazer um mudo cantar, o q eu já ví é um criador pegar uma jóia bruta e lapidar!

_________________
TRINCA FERRO
* FATAL
* CASCÃO

COLEIRO
* DOMINGUINHOS
* DONO DA FESTA


Editado pela última vez por Marcelo Moraes em Seg Jul 19, 2010 19:42 pm, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 17:42 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Out 20, 2006 22:10 pm
Mensagens: 2478
Localização: SALVADOR-BA
Localização: SALVADOR/Ba
Marcelo,

É complicado heheee... :lol: Quando coloquei “fazer um mudo cantar” já o fiz sabendo deste retorno rsrsrssss... :lol: Bem... Vai ai mastigado o entendimento de pássaros mudos, são pássaros que foram colocados pelo autor do artigo que, por ficarem testando, com outro, “fator de ataque” o tempo todo não abrem canto e com isso passam todo o tempo que estão no torneio mudos, quase sem cantar, valeu? A minha colocação foi só uma analogia, portanto devo dizer-lhe que jóia bruta a lapidar da no mesmo, ok?

Quanto ao demais como não acredito que toda e qualquer escrita seja de particular interpretação não vai adiantar nos desgastarmos com isso, valeu?

Fica com Deus. :D

_________________
SÓ O SENHOR É DEUS.

Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore, ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe com os filhotes; Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti; para que te vá bem e para que prolongues os teus dias. (Dt: 22.6,7)

NICK - PANCHO.B.O

RIO DE JANEIRO - [b]baiano[/b] - terceiro lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
BLACK SERPENTE - [b]Gola[/b] - Setimo lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
ESPORA - [b]Gola[/b] -Campeão de torneios. http://www.youtube.com/watch?v=jGcLQNtFwok

LOUVADO SEJA O SENHOR QUE NOS PRESENTEOU COM ESTA AVE "COLEIRO" E AS DEMAIS.

[b]ANIMAIS DOMÉSTICOS UM DIA FORAM SILVESTRES.[/b]

CRIAR COM AMOR É BOM E PRESERVA.

_________________
criar é perseverar
ABCP-SALVADOR-ba

http://abcpbahia.webnode.com.br


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 17:48 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Set 17, 2009 15:36 pm
Mensagens: 8250
Localização: São Vicente/SP
Tranquilo Pancho, assim segue vc com sua opinião e eu com a minha e a nossa amizade continua! :D

_________________
TRINCA FERRO
* FATAL
* CASCÃO

COLEIRO
* DOMINGUINHOS
* DONO DA FESTA


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 17:55 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Sex Out 20, 2006 22:10 pm
Mensagens: 2478
Localização: SALVADOR-BA
Localização: SALVADOR/Ba
Valeu amigão!!!

Pois é o mais importante, valeu?

Fica com Deus. :D

_________________
SÓ O SENHOR É DEUS.

Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore, ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe com os filhotes; Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti; para que te vá bem e para que prolongues os teus dias. (Dt: 22.6,7)

NICK - PANCHO.B.O

RIO DE JANEIRO - [b]baiano[/b] - terceiro lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
BLACK SERPENTE - [b]Gola[/b] - Setimo lugar no campeonato da (ABCP) 2013.
ESPORA - [b]Gola[/b] -Campeão de torneios. http://www.youtube.com/watch?v=jGcLQNtFwok

LOUVADO SEJA O SENHOR QUE NOS PRESENTEOU COM ESTA AVE "COLEIRO" E AS DEMAIS.

[b]ANIMAIS DOMÉSTICOS UM DIA FORAM SILVESTRES.[/b]

CRIAR COM AMOR É BOM E PRESERVA.

_________________
criar é perseverar
ABCP-SALVADOR-ba

http://abcpbahia.webnode.com.br


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg Jul 19, 2010 20:26 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Seg Mai 19, 2008 08:38 am
Mensagens: 1888
Localização: venda nova do imigrante es
parabens ao marcelo e ao pancho :D , por isso q o forum é show de bola.abçs.

_________________
Tem alguns que cantam as vezes e são lembrados, mas tem alguns que cantam sempre e são eternos.

Felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz, estão em harmonia.(Ghandi)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter Jul 20, 2010 15:59 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Jul 15, 2010 16:57 pm
Mensagens: 2330
Localização: São Paulo -SP
Localização: Suzano
Hehehehehe.. Boa colocação dos dois..

Abraços a todos :)

_________________
Coleiro : MUGIQUINHA VICE CAMPEÃO BCSO
Coleiro : CICATRIZ
Coleiro : FOGO MAGICO
Coleiro : ZIG
Trinca : GUIMBA MUITO VELOCISTA

Um amigo falso , mentiroso , ganancioso e maldoso é mais temível que um animal selvagem; o animal pode ferir seu corpo, mas um falso amigo irá ferir sua alma.....

__________________________________________________________________________
A verdade não pode vir do falso


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qua Jul 28, 2010 21:55 pm 
Offline
Membro Novato
Membro Novato

Registrado em: Sáb Out 10, 2009 11:30 am
Mensagens: 86
Localização: Paraiba do Sul
Belo debate ! Está parecendo mais uma disputa de 2 coleiros de fibra Fogo Selvagem x Speed hehehehe !


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qua Jul 28, 2010 22:46 pm 
Offline
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Set 17, 2009 15:36 pm
Mensagens: 8250
Localização: São Vicente/SP
lancelot escreveu:
Belo debate ! Está parecendo mais uma disputa de 2 coleiros de fibra Fogo Selvagem x Speed hehehehe !

Rsrsrsrsrs, Lancelot seu comentário foi quase perfeito, gostaria mais se fosse FOGO SELVAGEM x DISCOVERY, rsrsrsrs :lol:

_________________
TRINCA FERRO
* FATAL
* CASCÃO

COLEIRO
* DOMINGUINHOS
* DONO DA FESTA


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qui Jul 29, 2010 13:47 pm 
Offline
Membro Novato
Membro Novato
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Out 08, 2009 14:35 pm
Mensagens: 58
Localização: Campina do Monte Alegre SP
Localização: Campina do Monte Ale
sobre o artigo .muito intereçante mesmo .........
embora eu não frequente Torneios, para ter uma posição mais clara
apenas comento sobre o comportamento dos meus TFs..
o meu q gosta de brigar qndo gaiolas encostadas canta muito pouco ..
e tenho outro q é o meu chodó ( Vulcan - Negaça).e mardito não tem reação nenhuma qndo encostado em outro o bixo só canta quase nunca gradeia até mesmo no mato o Trinca solto ja chegou a sentar na gaiola e o danado continua cantando uma pena q esse num tem velocidade pois com essa calma ia finalizar nas rodas no mesmo ritimo q entrace pois não cança..
e tamem tenho uns q viram as costas qndo encostados esses eu chamo de pregueiros

_________________
Ju-Raf"s criatorio de feras


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter Ago 31, 2010 21:54 pm 
Offline
Membro Novato
Membro Novato

Registrado em: Ter Dez 29, 2009 07:15 am
Mensagens: 115
Localização: Teofilo Otoni MG
duas enciclopedias pancho e marcelo, e agente cada dia apredendo mais com eles, debates como esse servem para aumentar nossos conhecimentos, valeu...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb Out 23, 2010 23:08 pm 
Offline
Membro Recente
Membro Recente

Registrado em: Seg Out 18, 2010 20:17 pm
Mensagens: 294
Localização: Vitória da Conquista
Boa noite, gostaria de saber se os pássros tirados em cativeiro, tem mais fibra que os soltos na natureza? eles são mais dispostos á cantar? por que tenho um baiano tirado em cativeiro desse ano e com seis meses ja está mascarrado e cantando muito, troca canto com o pai e os outros que tenho, quais os cuidados que tenho que ter para que esse papa mantenha esse ritimo, obrigado por sua atenção


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 15 mensagens ] 

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  


Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB